How to Become Member
Free Register
Login

Alborques Online Art Gallery logo
Home ArtistsShopVIP MembersNext BirthdaysAlborques TVHelp





 

Most Visited Artists


shankargallery
shankargallery

shaohua-gu
shaohua-gu

antonio gaspar
antonio gaspar

elalaoui
elalaoui

Cesc Ginesta
Cesc Ginesta

kenneth
kenneth

joaquim
joaquim

Virgínia
Virgínia

erminio_souza
erminio_souza

ajursp
ajursp


Last Works

JANAÍNA COSTA TERRA Abstract
JANAÍNA COSTA TERRA

antonio gaspar -------
antonio gaspar

bvitalyz Expressionism
bvitalyz

ajursp Naive art
ajursp

joaquim -------
joaquim

antoniogaspar -------
antoniogaspar

Kandinskii-DAE Expressionism
Kandinskii-DAE

kenneth Abstract
kenneth

heiste Realism
heiste

Eleitão Figuration Libre
Eleitão


Last Artists

antoniogaspar
antoniogaspar

joaquim
joaquim

snametin
snametin

paulinabeyer
paulinabeyer

fdotoledo
fdotoledo

vitalyzasedko
vitalyzasedko

by dusanvukovic
by dusanvukovic

isabella
isabella

i.vukovic@sbb.rs
i.vukovic@sbb.rs

Aghayee
Aghayee


Videos



angelaromero


" frameborder="0" allowfullscreen>
shefqetemini



Paula Franco



Erna Y



Sergio Passos



pivlabo


Alborques Interviews

pamplona
pamplona
Como se iniciou na Arte?
Desde garoto sempre tive jeito para o desenho.Com os afazeres da vida, nunca ponderei olhar para a pintura. Iniciei o meu treino em artes marciais- Karate-Do Shito-ryu, Aikido, Tenshi shoden Katori shinto-ryu, Tai Ji Quan -escolas Yang e Chen, Kobudo - com a idade de 17 anos, já lá vão 42 anos, e em conjunto com outros praticantes, era nosso desejo passar para papel as katas - formas praticadas para o desenvolvimento das técnicas de defesa e contra-ataque, segundo tipos de ataques, e lembrando que tinha algum jeito para o desenho, assim me dediquei a criar uma sebenta de aprendizagem. Daí a passar a desenhar e sombrear o que tinha à minha frente foi um passo. No Algarve, num empreendimento ou trabalhava na altura, conheci um artista na aguarela: o Mestre Xico Pereira de Elvas. Por curiosidade mostrei-lhe os meus desenhos, e ele convidou-me para o acompanhar e ambos esboçarmos o farol da Ponta da Piedade em Lagos. Não voltamos a deixar de manter contacto. Quis o destino que eu fosse dirigir um Empreendimento Hoteleiro em Elvas. Durante 4 anos acompanhei, e fui acompanhado pelo Mestre. A primeira lição foi: que nenhum trabalho é para descartar. Tudo serve de material de estudo. Trabalhos após trabalhos ocupavam um espaço debaixo do sofá da minha sala. Era o destino de todos eles. Exposições nunca tinham sido ponderadas. O Mestre dizia-me: há tempo. Um dia numa das visitas de amigos a casa, um entre eles ligado à Câmara Municipal de Elvas, descobre os meus trabalhos. Coincidindo com a inauguração da Casa da Cultura de Elvas, na qual iria ser feita uma exposição colectiva de Artes Plásticas, fui convidado a participar com dois trabalhos. A exposição foi inaugurada pelo então Primeiro-Ministro Prof.Dr. Cavaco Silva, e eu vendi o meu primeiro quadro. Confesso que não tinha tido muita certeza em dar-lhe um preço. Não voltei a deixar de pintar.  
Com uma vida profissional de ocupação total, tinha que arranjar tempo para as Artes Marciais e pintura. 
Voltei a expor noutras ocasiões, entre as quais uma em Portalegre, dedicada á paisagem Alentejana. Para ela foram convidados vários Artistas que tinham trabalhos sobre o Alentejo, entre os quais o Mestre Xico Pereira e eu. Em colectivas foi a única vez que estivemos os dois presentes. Dois anos depois o Mestre Xico Pereira cedia numa luta vã contra uma doença prolongada. 
Dele tenho hoje a grata recordação de tudo o que passei com ele, a luta dele para retirar da minha paleta o vermelho, uma aguarela que fez à minha frente da igreja de Sto. António em Lagos. 
Continuei a pintar, a guardar trabalhos debaixo do sofá, que neste momento está situado em Paços de Ferreira.

É possível viver da Arte?
Não sei, ainda não experimentei. Das artes marciais, não é fácil, mas é como tudo. Depende da fasquia que colocamos na nossa vida. Eu não venderia a minha pintura como arte de rua. Exporia mas sem venda.
A Arte tem Preço?
Tem, tem dois preços. O de quem a fez, e o de quem aprecia, e que geralmente são diferentes. Excepto aquela Arte que por si só diz: eu sou arte, não tenho preço.


Alborques Blind Valuation

Eleitão
Eleitão
Points: 3.990

Pile Maracaju
Pile Maracaju
Points: 3.817

pamplona
pamplona
Points: 4.024

pamplona
pamplona
Points: 3.758

Rogério Reis
Rogério Reis
Points: 3.371

malou
malou
Points: 4.321

Pile Maracaju
Pile Maracaju
Points: 3.367

pamplona
pamplona
Points: 3.826

ppvillegas
ppvillegas
Points: 3.552

Eleitão
Eleitão
Points: 3.993

Guilherme dAlmeida
Guilherme dAlmeida
Points: 4.179

pamplona
pamplona
Points: 4.191

Waldir Novelli Dias
Waldir Novelli Dias
Points: 3.393

pamplona
pamplona
Points: 3.520

Militão dos Santos
Militão dos Santos
Points: 4.229


World Exhibitions

No image in this album yet
 

By Country
Brazil 261
Russia 201
Portugal 112
United States 70
Italy 58
Spain 50
Ukraine 46
India 24
Germany 22
Argentina 21
By Art
Painting/Pintura 5710
Drawing/Desenho 452
Sculpture/Escultura 268
Photography/Fotografia 258
Decorative art/Artes decorativas 201
Theatre & Performing arts/Teatro 65
Design 36
Crafts/Artesanato 26
Theatre and Performing arts/Teatro 23
Music/Musica 13
By Technique
Oil 3342
Acrylic 1460
Watercolor 412
Digital 255
Dry pastel 154
Ink 148
Tempera 68
Oil pastel 36
Gouache 33
Engraving 43
By Style
Realism 1116
Contemporary Art 701
Abstract 685
Impressionism 651
Figuration Libre 531
Expressionism 531
Surrealism 351
Abstract Expressionism 259
Digital painting 187
Na?ve art 169
By Type
Landscape / Paisagem 1470
Genre works / Pintura de G?nero 905
Portrait / Retrato 730
Still life / Natureza Morta 518
Nude / Nu 367
Religious / Religioso 200
History / Historico 195
Animal /Animal 168
Buildings / Monumentos 140
Genre works / Pintura de G?? 1/2 nero 5