Artist Home Page

http://www.wix.com/paulothemudo/paulo-themudo

Artist Biography

Nome: Paulo Themudo

Arte: Expressionismo

Nacionalidade: Portugal

Data de Nascimento: 1968-10-20

URL: http://www.wix.com/paulothemudo/paulo-themudo


Paulo Themudo Expressionismo Portugal

Biografia:

Paulo Themudo - Pintor nascido a 20 de Outubro de 1968 na Cidade de Matosinhos. 
 
A minha corrente artística é basicamente o expressionismo abstracto, utilizando técnicas próprias, explorando os mais 
diversos materiais e técnicas dando lugar a uma pintura muito própria e característica. 
Há quem me designe como o pintor “Misterioso”, pelo mistério que é representado nos temas e pela técnica utilizada. 

Exposições:

EXPOSIÇÕES: 
 
2004 - Forum Maia - Cidade da Maia - Portugal 
2007 - Biblioteca Municipal Florbela Espanca - Câmara Municipal de Matosinhos - Portugal 
2008 – Galeria do Auditório Municipal de Vila do Conde - Portugal 
2008 - Centro Cultural da Nazaré - Menção Honrosa com a obra "Escrita" - Portugal 
2008 - Instituto das Artes e Ciências - Fundação Dr. Luís de Araújo - Cidade do Porto 
2008 – Exposição Internacional de Artes Plásticas - Forte de Copacabana – Rio de Janeiro – Brasil 
2008 – Exposição Internacional de Artes Plásticas – Concelho Regional de Medicina do Paraná – Curitiba – Brasil 
2009 – Galeria O+O – Oriente & Occidente – Valência Espanha 
2009 – Galeria Geraldes da Silva – Cidade do Porto - Portugal 
2009 – Iesf - Edifício Heliântia – Valadares – V.N. Gaia - Portugal 
2009 – Galeria Vieira Portuense – Cidade do Porto - Portugal 
2009 - Instituto das Artes e Ciências - Fundação Dr. Luís de Araújo - Cidade do Porto – Portugal 
2009 – Museu Grão Vasco – Viseu - Portugal 
2009 – Galeria Chroma – Vigo - Espanha 
2009 – beART/Cabe – Congresso Internacional – Monzón Huesca - Espanha 
2009 - Artéria VI Edición Feria Internacional Huesca – Espanha 
2009 – Exposição “Sexto Continente” – Centro Cívico de Barcelona - Espanha 
2009 – Exposição “Emergent Art” – Sala Goya – Zaragoza – Espanha 
2009 – Exposição “Tripart” – Centro Cultural da Nazaré – Portugal 
2009 – Exposição “Pictoremas” – Centro Cultural de Esgueira – Portugal 
2009 – Cooperativa Filantrópica da Póvoa de Varzim – Portugal 
2009 – Clube dos Fenianos do Porto – Galeria Vieira Portuense – Porto – Portugal 
2009 – Galeria74 – Porto – Portugal 
2010 – Espaço Cultural 14 - Portugal 
2010 – Galeria Morillo – Madrid – Espanha 
2010 – Vivacidade – Espaço Cultural 
2010 – Galeria Atlãntica – Portugal 

Interview

Como se iniciou na Arte?

A minha criança já brinacava com aguarelas e gouaches com ternos 8 anos de idade. 
Acompanharam-me desde terna idade as palavras (poesia) e a pintura.

Quem é/foi o seu mestre?

Aprendi com as técnicas de alguns consagrados estudando as suas obras. 
Sou no entanto um pintor com um cunho próprio e tem sido a própria vida a dar-me as lições necessárias. 
A minha pintura bem do meu mais profundo ibterior.

Acha Importante a Formação ou prefere o Autodidata?

A formação tem evidentemente a sua importância, no entanto, sou da opinião de que demasiado conhecimento nos retira criatividade não ajudando a descobrir novos caminhos e a prezae pela diferença. 
Um autodidata pode ser um grande pintor como qualquer outro, aliás, os grandes mestres da pintura defeniram-se por aquilo que aprenderam com eles próprios, explorando a arte que estava dentro deles de forma inata.

É possível viver da Arte?

Com toda a certeza que é possível viver da arte, nada é impossível, no entanto é preciso perceber que só alguns e muito poucos é que conseguem estar na arte a 100%. Os pintores consagrados que pela diferença e conhecimento conseguiram reconhecimento. 
Tenho pena que não procurem mais, pois, ainda há artistas com grande potencial, na minha opinião, tão consagrados como tantos outros.

Inspiração ou Transpiração?

Transpiração, sem dúvida, muita!

Os seus 3 favoritos Artistas Vivos e Mortos

Jackson Pollock, De Kooning, Kandinsky

Obra de Arte que gostava de ser o Autor e Porquê

Fathom - Jackson Pollock. 
É a obra com que mais me identifico.

A Arte tem Preço?

Não, a arte não tem preço. A Arte é cotada.

Tudo pode ser Arte ou existem limites?

Claro que há limites! 
Estaria aqui numa grande discussão. 

Arte Digital. Sim ou não?

Sim, porque não?

No image in this album yet
   

Other Alborques Artists

zalans

zalans  

romaya

romaya  

marcio monteiro da silva

marcio monteiro da silva  

Avdeev

Avdeev