How to Become Member
Free Register
Login

Alborques Online Art Gallery logo
Home ArtistsShopVIP MembersNext BirthdaysAlborques TVHelp






 

Artist Home Page

Artist Biography

Nome: cidraes
Arte: cerâmica
Nacionalidade: Portugal
Data de Nascimento: 1945-04-20
URL: http://cidraes.com

cidraes cerâmica Portugal

Biografia:
 
Nascimento: 20 de Abril de 1945 em Elvas Portugal 
 
História Académica 
 
1964-70. Curso de Arquitectura da Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. 
1970-71. Curso Elementar de Língua e Cultura Japonesa na Universidade de Estudos Estrangeiros de Osaka. 
1971-73. Investigação de pós-graduação: A Habitação Tradicional Japonesa na Universidade de Kyushu em Fukuoka Japão. 
1990-91. Investigação: A Cerâmica na Arquitectura de Exteriores no Japão, na Universidade de Arte de Kanazawa, Japão. 
 
Actividade Docente 
 
1975-76. Professor de Arte na Escola Secundária de Monção. 
1982-83. Professor de Arte na Graded High School, Escola Americana de São Paulo, Brasil. 
1987-90. Funda, em conjunto com Maria Estrela Pais Vieira, e dirige, o Departamento de Cerâmica do AR.CO, Centro de Arte e Comunicação Visual, em Almada. 
1993-94. Lecciona a disciplina de Pensamento Crítico no KIDI, Instituto Internacional de Design de Kanazawa, filial da Parsons School of Design de Nova Yorque. Kanazawa Japão. 
1993-96. Artista titular e professor do Atelier Municipal de Cerâmica de Togi. Ishikawa Japão. 
1994-95. Lecciona as disciplinas de Pensamento Crítico, Sociologia, Desenho Técnico, Design Colaborativo e Desenho Aplicado no Inst. Int. de Design de Kanazawa e Ergonomia e Psicologia da Arte no Design College de Kanazawa. 
1995-96. Lecciona as disciplinas de Desenho Técnico, História da Arte, Análise Visual e Design Colaborativo no Inst. Int. de Design de Kanazawa e Ergonomia e Modelo de Arquitectura no Design College de Kanazawa. 
1996-97. Lecciona as disciplinas de Desenho Técnico, Modelo 3D Design, Análise Visual, História do Design de Produto e Design Digital em Macintosh no Inst. Int. de Design de Kanazawa e Modelo de Arquitectura no Design College de Kanazawa. 
1997-99. Professor titular em tempo integral do Inst. Int. de Design de Kanazawa, leccionando as disciplinas de Desenho Analítico, Design Digital, Análise Visual do programa do primeiro ano geral de Design e modelagem em computador do segundo ano de Design de Produto. 
1999-2002. Diretor do primeiro ano (Chair of Foundation) no KIDI, leccionando Design Digital, Análise Visual e do segundo ano, História da Arquitetura, Design Digital para Arquitetura e também Design Digital para Produto. 
2002. Professor convidado da Univ. de Xangai ministrando um curso de um mês de Design Digital. 
2003. Cursos na UNESP e na UDESC como Prof. convidado. 
2004. Professor convidado da Univ. de Xangai ministrando um curso de um mês de Design Digital. 
2009. Presidente Conselho Superior do ICCC, Instituto Cultural da Cerâmica de Cunha. 
 
Experiência Profissional, Arquitectura 
 
1964-70. Práctica nos Ateliers dos Arquitectos, Fernando Casaca, Jorge Segurado e filhos e Augusto Silva em Lisboa. 
1973-74. Construtora Toda Kensetsu em São Paulo, Brasil: Arquitecto projectista. 
1975-76. Projectos de habitação em Monção. 1985. Projectos de habitação em Campo Maior. 
1976-87. Projectos de habitação em Cunha SP Brasil. 
1988-90. Câmara Municipal de Almada: Arquitecto responsável pelos espaços exteriores dos loteamentos urbanos. Projectos de espaços públicos em Almada. 
2003-09. Desenvolvimento arquitetonico do Atelier do Antigo Matadouro e da Semente Galactica. 
 
Actividade Artística 
 
1972-73. Práctica de Cerâmica nos Ateliers de vários ceramistas japoneses. Expõe em Fukuoka Japão. 
1974. Cria com Maria Estrela Pais Vieira e mais 2 artistas o grupo Takê, dedicando-se a escultura em bambu e outros materiais orgânicos na aldeia piscatória de Cacha-Prego na Bahia Brasil. Expõem em São Paulo. 
1975. Monta no edifício do Antigo Matadouro Municipal de Cunha em São Paulo, de parceria com artistas brasileiros e japoneses, um atelier de cerâmica de alta temperatura em forno a lenha de tipo oriental. Expõe em São Paulo. 
1977-84. Atelier do Antigo Matadouro: com Maria Estrela e o apoio de vários aprendizes, realiza trabalho em cerâmica que expõe frequentemente em São Paulo, Rio e outras cidades brasileiras. 
1984-87. Novo Atelier e residência em Cunha. Continuam a produção em cerâmica. Expõem no Brasil e em 85 no Palácio Foz e na Galeria Roma e Pavia no Porto. 
1987. Simpósio Internacional de Cerâmica de Alcobaça. Artista convidado. 
1987-90. Atelier de Cerâmica do AR.CO em Almada. Trabalho em cerâmica com exposições colectivas em Lisboa, Madrid, Brasil e Macau e individual na Galeria Espiral em Oeiras. 
1990-91. Atelier de Cerâmica da Universidade de Arte de Kanazawa. Expõe em Kanazawa. 
1991-94. Atelier de Cerâmica do Centro de Artes Tradicionais de Utatsuyama. Expõe em Kanazawa, Tokyo, Yokohama, Fukuoka e Nagoya. 
1993-96. Atelier Municipal de Cerâmica de Togi. Expõe em Togi, Kanazawa e outras cidades japonesas. 
1995-2002. Atelier próprio e Inst. Int. de Design de Kanazawa. Executa trabalho em Artes Gráficas em Macintosh. 
2002–2009. Retomada do Atelier do Antigo Matadouro em Cunha SP Brasil 
 
Bolsas de Estudo 
 
1970-73. Governo do Japão: Bolsa Internacional de pós-graduação do Ministério da Educação. Universidade de Kyushu. 
1988. Fundação Gulbenkian: Bolsa de investigação de 1 ano, em conjunto com Maria Estrela Pais Vieira. Tema: Cerâmica,Tradição, Criação e Repetição. 
1990-91. Fundação Japão: Bolsa Professional Research Fellowship. Universidade de Arte de Kanazawa. 
1991-94. Cidade de Kanazawa: Bolsa Residence Fellowship. Centro de Artes Tradicionais de Utatsuyama. 
 
Prémios 
 
1981. Governo do Estado do Paraná: Segundo Salão de Cerâmica, Prémio Banestado. 
1993. Salão de Artes Tradicionais de Kanazawa, Prémio Cidade de Kanazawa. 
1994. Salão de Artes Tradicionais de Kanazawa, Prémio Hokkoku Bank. 
1995. Governo de Portugal: Comenda da Ordem do Mérito. 
 
Principais Publicações 
 
1973. Anuário do Instituto de Arquitectos do Japão: A Study on Japanese Sliding Doors. 
1987. Editora Callis, S. Paulo, Brasil: capítulo de abertura do livro, Cerâmica Arte da Terra sob o título Opção pela Cerâmica. 
 
Línguas Estrangeiras 
 
Faladas: Inglês, Francês, Espanhol e Japonês. 
Escritas: Inglês, Francês e Espanhol. 


Exposições:
Exposições 
 
1972. - Galeria Ningyo, Fukuoka: objectos em pano, papel, papier maché e desenhos (individ.). - Galeria Daimaru, Fukuoka: cerâmicas (a dois, com Tachibana). 
1975. - Gal. Agência Walter Thompson, S. Paulo: objectos em bambu, osso, etc (grupo Takê). - Gal. 167, S. Paulo: cerâmicas ( grupo do Antigo Matadouro). - IV Salão de Arte de Jundiaí, S. Paulo: objectos em bambu, osso, etc. 
1977. - Gal. Toki, S. Paulo: cer. (colectiva). - Gal. Assoc. Cult. Brasil-Japão, S. Paulo: cer. Salão de Arte Kogei. - Gal. do Banco América do Sul, S. Paulo: cer. (a dois, com Toshiyuki Ukeseki). 
1978. - Gal. Aki, S. Paulo: cer. (individ.). 
1979. - I Encontro de Ceramistas, Paraty, R. de Janeiro. - Gal.-Café Maravilha, S. Paulo: paineis de cerâmica (individ.). - Gal. Arte Aplicada, S. Paulo:cer. (col. 6 ceramistas). - Gal. Múltipla, S. Paulo: (col.). 
1980. - Gal. Tenda, S. Paulo: cer. (col. 6 ceramistas). - I Salão de Cerâmica de S. Bernardo, S. Paulo: cer.. - II Encontro de Ceramistas, Paraty, R. de Janeiro. - Exp. "Cerâmica Hoje", Brasília (col.). 
1981. - Gal. Tenda, S. Paulo: cer. (individ.). - III Encontro de Ceramistas, Paraty, R. de Janeiro. - Gal. do Lixo ao Luxo. Paraty, R. de Janeiro: cer. (individ.). - II Salão Paranaense de Cerâmica, Curitiba, Paraná: Prémio Banestado. - Gal. Sesc, S. Paulo: cer. (individ.). - Show Room da Forma, S. Paulo: cer. (col. 3 ateliers). - Design Store, S. Paulo: cer. (individ.). - Gal. Aki, S. Paulo: cer. (col.). 
1982. - Fund. Gulbenkian, R. de Janeiro: Artistas Plásticos Portugueses Radicados no Brasil. - Centro Cultural, Campinas,SP: "Arte Cerâmica em Campinas" (col.). - Gal. Tina Presser, Porto Alegre, RS: cer. (col.). - Centro de Arte Porto Seguro, S. Paulo: "Cerâmica Hoje" (col.). - Cesar Park Hotel, R. de Janeiro: acervo cer. da Gal. Toki (col.). - Gal. Ocra, S. Paulo: cer. (individ.). - Museu da Imagem e do Som, Paço das Artes, S. Paulo: I Salão Paulista de Cerâmica. - Embaixada de Portugal, Brasília: II Exp. Artistas Plast. Portugueses Rad. no Brasil. 
1983. - Universidade Estadual de Londrina: I Encontro de Ceramistas no Norte do Paraná. - Cesar Park Hotel, S. Paulo: " Design Aplicado ao Prato de Cerâmica" (col.). - Gal. Sesc, S. Paulo: "Panorama da Cultura Portuguesa", cer. (col.). - Museu Alfredo Andersen, Curitiba: IV Salão Paranaense de Cerâmica, art. convidado e membro da Comissão de Selecção. - Museu da Imagem e do Som, S. Paulo: "Cerâmica Contemporânea" (col.). - Gal. Tenda, S. Paulo: Exposição "Terra" (col.). - Cesar Park Hotel, Rio de Janeiro: "Cerâmica Hoje" (col.). - Gal. Taguá Objectos, S. Paulo: "Arte Util" (col.). - Design Store, S. Paulo: "Cerâmicas" (individ.). 
1984. - Gal. Sesc, S. Paulo: Acervo de Escultura (col.). - Cesar Park Hotel, R. de Janeiro: "Cerâmica Hoje" (col.). - Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, S. Paulo: I Mostra Aberta de Cerâmica- Arte (col.). 
1985. - Palácio Foz, Lisboa: "Objectos de Cerâmica" (a dois, com Maria Estrela Pais Vieira). - Gal. Roma e Pavia, Porto: "Maria Estrela e Alberto Cidraes". 
1986. - Gal. Toki, S. Paulo: "Ikebana" (col.). - Fundação Mokichi Okada, S. Paulo: I Mostra MOA de Cerâmica Contemporânea (col.) - Gal. Arte Movimento, R. de Janeiro: "Cerâmica Contemporânea" (col.). - SUTACO, Secretaria de Estado dos Negócios do Interior, S. Paulo: "Cerâmica de alta temperatura - utilidade e arte" (col.). - Cesar Park Hotel, R. de Janeiro: Exp. acervo da Gal. Toki (col.). - Centro Cultural S. Paulo, S. Paulo: III Mostra Aberta de Cerâmica Arte (col.). 
1987. - Galeria Múltipla, S. Paulo: "Múltiplos" (col.). - Brasília: XXXI Congresso Brasileiro de Cerâmica, "Arte Cerâmica" (col.). - Paço das Artes, S. Paulo: "Cerâmica Arte da Terra" (col.). - SETUR, Caraguatatuba, SP, Arte Litoral Norte II, "Cerâmica Contemporânea" (col.) - Fundação Mokichi Okada. S. Paulo: II Mostra MOA de Cerâmica Contemporânea . - Vila Nova de Cerveira: "Design 87" (col.). - Alcobaça: Simpósio Internacional de Cerâmica, Artista Convidado. 
1988. - FIL, Lisboa: "Ceramex", Exposição do Simp. Int. de Cer. de Alcobaça. - Centro de Arte Moderna, Fund. C. Gulbenkian: Idem. - Gal. coop. Árvore, Porto: Idem. - Museu de Alcobaça: Idem. - SETUR, Caraguatatuba, SP: Arte Litoral Norte V, "Cerâmica Contemporânea" (col.). - Museu Luís de Camões, Macau: "Cerâmica Portuguesa Contemporânea" (col.). - Gal. Municipal de Arte, Almada: "Cerâmica na Quinta de S. Miguel" (col.). 
1989. - Museu Nacional do Azulejo: "Cerâmica no AR.CO" (col. com alunos). - Gal. Espiral, Oeiras: Exp. individual. 
1990. - Centro de Arte de Yoshinodani: 1st Contemporary Art Festival, org. Associação dos Artistas do Mar do Japão (col.). 
1991. - Centro de Arte de Yoshinodani: 2nd Contemporary Art Festival, org. Associação dos Artistas do Mar do Japão (col.). - Gal. Informesse, Kanazawa: Exp. individual. - Gal. do Nissai Bank, Kanazawa: Exp. individual. 
1992. - Centro de Arte de Yoshinodani: 3rd Contemporary Art Festival, org. Associação dos Artistas do Mar do Japão (col.). - Gal. Asanogawa, Kanazawa: 3 ceramistas, com Nakamura e Toide. - Gal. Informesse, Kanazawa: Exp. individual. - Station Gallery, Kanazawa: Exp. individual. - Gal. Kutani Bitoen, Yamashiro: 2 ceramistas, com Nakamura. - Ishikawa Prefecture Design Center, Kanazawa: The New Wave of Ishikawa, (col.). - 47 Salão de Artes Tradicionais de Kanazawa, (col.). 
1993. - Gallery 17, Kanazawa: Exp. individual (instalação). - Gal. Inui, Tóquio: Exp. individual. - Gal. Spazio, Terai: Exp. individual. - Gal. Asanogawa, Kanazawa: 3 cer., com Toshiyuki Ukeseki e Takashi Nishikawa. - Gene's Art Space, Saitama: 2 cer., com Toshiyuki Ukeseki. - 48 Salão de Artes Tradicionais de Kanazawa, (col.). - Centro de Arte de Yoshinodani: 4th Contemporary Art Festival, org. Associação dos Artistas do Mar do Japão (col.). - New Gallery Hokuriku Denryoku, Kanazawa: Exposição Inaugural da Gal. (individual) 
1994. - Gal. Green Arts, Kanazawa: Exp. individual. - Gal. Asanogawa, Kanazawa: Exp. individual. - NTT Atrio Plaza, Kanazawa: Exp. individual. - Gal. Green Arts, Kanazawa, (col.). - 49 Salão de Artes Tradicionais de Kanazawa, (col.). 
1995. - Tepia Foundation, Tóquio: 3 ceramistas portugueses no Japão, com José Farromba e Marta Carvalho, org. Embaixada de Portugal. - 50 Salão de Artes Tradicionais de Kanazawa, (col.). 
1996. - Centro de Artes, Togi: Exp. individual. 
1998. - Art Festival CAN, Nanao: Exp. individual, Cerâmica e Artes Gráficas. - Salão Nikka, Tóquio: Integrado na exposição comemorativa Fernão Mendes Pinto. 
1999. - Galeria Asanogawa, Kanazawa: Exp. individual, Cerâmica e Artes Gráficas. 
2003.-Club Athletico Paulistano. Exp. a dois com Mieko Ukeseki, Cerâmica. 
2006.- Transformarte. São Paulo. Exp. a dois com Kimi Nii. Cerâmica.



cidraes

Exhibit Name: cabe?as
Title: dignit?rio ( 2006)
Sale: For Sale
Price: 500 Euro
Size: 40x20 Cm
Art: Sculpture/Escultura
Technique: -------
Comments:

Interview

Como se iniciou na Arte?
Com 4 anos, de forma espontânea.

Quem é/foi o seu mestre?
Muitos e nenhum.

Acha Importante a Formação ou prefere o Autodidata?
Depende. Ambas as vias são legítimas.

É possível viver da Arte?
Sim

Inspiração ou Transpiração?
Ambas, na medida certa que é diferente para cada um.

Os seus 3 favoritos Artistas Vivos e Mortos
Brancusi, Hiroshige, Megumi Yuasa

Obra de Arte que gostava de ser o Autor e Porquê
o meu trabalho porque é onde melhor me expresso

A Arte tem Preço?
não

Tudo pode ser Arte ou existem limites?
Tudo deveria ser arte

Arte Digital. Sim ou não?
sim, porque não


Exhibitions

cabe?as
cidraes Figuration Libre Sculpture/Escultura dignit?rio
1 Pictures